Velha Guarda da Camisa Verde-e-Branco


  • Traço de União 73 Rua Cláudio Soares São Paulo, SP, 05422-030 Brazil

Nesta sexta, dia 15, a Velha Guarda da Camisa Verde-e-Branco vai agitar a pista no pré-carnaval do Traço de União! Janeiro é mês de se preparar para a maior festa do brasileiro.

Das 21h às 04h
$ até 23h | M20 H30
(Com nome na Lista de desconto)
$ após  23h | M25 H35

Sobre a Velha Guarda da Camisa Verde e Branco

Toda entidade carnavalesca deve prestar os respeitos aos "raízes" do samba porque sambistas iguais a esses, independentemente do cargo que ocuparam e sem interesses materiais, são os referenciais de que o samba pode agonizar, mas jamais findará. 

A velha-guarda da Camisa Verde e Branco, a tradicional escola de samba da zona oeste e berço do carnaval de São Paulo, é o celeiro dos bambas. Os caminhos de ingresso na velha-guarda do Camisa não são para qualquer um; é preciso ter uma história, uma relação de carinho e cumplicidade com a bandeira. Os queridos mestres da escola são agraciados pelo título de reconhecimento da ACSESM Camisa Verde e Branco como "os raízes trevianos do samba".

A velha guarda do Camisa é um privilégio e um resgate da origem do samba, para que possamos conservar a verdadeira história do samba plantado há anos no Estado de São Paulo. No Camisa há duas velhas-guardas: a de avenida e a musical, sendo a primeira composta também por Nelson Primo, o sambista mais antigo de Camisa Verde, que exerceu a função de diretor de bateria, colaborador na harmonia, ritmista e organizador da ala de cuícas e introdutor de pratos nas batucadas de SP, Dadinho, Jamelão, Santa Maria, Tio Mario, Paulo Henrique e Tourão.

Mais informações:
http://camisaverdebranco.com/historiavelhaguarda


 

R. Cláudio Soares, 73 - Pinheiros
São Paulo - SP - Brasil
Tels.: (11) 3031 8065 | (11) 3816 7693
Email: falecom@tracodeuniao.com.br