Back to All Events

Samba do Bule convida Luiz Grande, inédito


  • Traço de União 73 Rua Cláudio Soares São Paulo, SP, 05422-030 Brazil (map)

Pela primeira vez apresentando-se no Traço, a roda de samba GRES Bule, conhecida como Samba do Bule, desde 2007 agita o Bom Retiro. Agora em Pinheiros!

Serviço:
17/03 (Quinta-feira)
Das 19h às 01h
$ M 10 H 10

2016 03 SAmba do BUle atracao.png

Sobre o Samba do Bule

O Bule passa de mão em mão. A grande bandeira, levantada em 2007 na sede do Teatro Popular União e Olho Vivo, é cultivar a música brasileira, saudar o samba e os compositores de todo o Brasil que fizeram história e tiveram seu nome gravado na cultura popular.

Durante essas muitas rodas de samba, o Bule já exaltou figuras importantes da nossa história, como Ataulfo Alves, Ismael Silva, Batatinha, Nelson Cavaquinho, Candeia, Adoniran Barbosa, João Nogueira,  além de ter recebido nomes do samba em sua roda, como Edil Pacheco, Osvaldinho da Cuíca, Waldir 59, Murilão da Boca do Mato. Nomes de diferentes estados, que mostram a preocupação em valorizar a cultura nacional, sem regionalismos.

O Samba não se trata apenas de um estilo musical, mas também uma forma de ver o mundo e a vida. A união de sambistas e compositores em torno do Bule não é mero acaso, e sim fruto de alianças como nossos ancestrais nos ensinaram.

O GRES Samba do Bule surge em 2007, a partir da junção de um grupo de amigos e músicos interessados em pesquisar e fazer samba. Ao longo dos anos, o Samba do Bule acontece em um barracão no bairro do Bom Retiro.

Durante sua existência , o Bule firmou-se como espaço de resistência e reafirmação da cultura popular, não somente com a roda de samba, mas com outras ações realizadas pelo grupo, como oficinas musicais com a participação de moradores da conjunto habitacional Parque do Gato (situada em frente à sede), desfile carnavalesco “cordão do Bule”, realizado pelas ruas do bairro.
 
As rodas de samba, se firmaram sendo realizadas na ultima sexta feira do mês, chegando a receber um público de ate 4 mil pessoas. Uma das tradições do Samba do Bule são as suas exaltações, que tratam-se de uma imersão na história de vida e nas composições do homenageado. Desta maneira, os integrantes do Samba do Bule se dedicam a definir e estudar um repertório de músicas a ser cantado na roda, além de distribuir de maneira gratuita um livreto que apresente uma pequena biografia e as letras das músicas do homenageado.

Alguns estiveram presentes no terreiro, outros apenas espiritualmente.


 

R. Cláudio Soares, 73 - Pinheiros
São Paulo - SP - Brasil
Tels.: (11) 3031 8065 | (11) 3816 7693
Email: falecom@tracodeuniao.com.br